Como escolher a mulher certa para namorar?

Você já pegou algumas mulheres na vida e nenhuma delas era a certa para namorar? Você não está só neste mundo. Encontrar uma garota para namorar não é uma tarefa fácil. E é muito interessante notar que tanto homens e mulheres possuem essas mesmas dúvidas. Ambos buscam uma série de respostas para conseguir identificar se uma pessoa serve para namorar ou não. Mas, no nosso caso, ficaremos na análise com as mulheres, claro! Como é possível identificar se uma mulher é a correta para namorar?

Existem vários aspectos para se perceber e, nem todos se aplicam a todas as situações. Por isso você deve ler este artigo com muita atenção. Neste artigo nós tiraremos suas dúvidas sobre qual a mulher certa para você namorar.

1: Conheça a si mesmo

Parece conselho de sábio chinês, não é mesmo?

Mas é a mais pura verdade.

Eu tenho um amigo que só quebra a cara quando o assunto é namoro. Seus relacionamentos não passam de seis meses e, na maioria das vezes, as mulheres é que terminam com ele. E, claro, depois do fora, ele fica mal e chama os amigos para tomar a cerva do esquecimento e para começar a se reerguer.

Nós damos apoio, mas falamos um monte para ele sempre que isso acontece. Pois trata-se de um homem que curte rock, formado, com bom emprego, boa educação, que já não é mais nenhum menino há um bom tempo (hoje ele tem 29 anos) e que não admite ninguém “segurando a coleira dele”.

E sabe com quais garotas ele se relaciona? De todos os tipos, porém, nenhuma com o selo “feita para ele”.

Ele já namorou com garota mais nova que quer curtir a vida ao invés de assumir um relacionamento sério, com uma mulher com viagem marcada para a Austrália e iria ficar 1 ano lá (mesmo ciente disso ele sofreu por essa como por nenhuma outra antes), com uma mulher com problemas de autoestima, com uma evangélica que exigia que ele parasse de sair e beber cerveja, entre outras.

Ou seja, só mulheres que não batem com ele. E o pior, elas é que tinham de fazer o trabalho de terminar um relacionamento sem futuro.

Uma pessoa que não sabe o que quer, escolhe um monte de mulheres sem compatibilidade alguma com sua personalidade e se dá mal seguidamente, destruindo sua moral no processo.

Por isso, pense no que você quer da vida primeiro, uma mulher para namorar que tenha similaridades contigo ou uma mulher para te mudar como pessoa completamente? Assim saberá identificar melhor as qualidades e defeitos das mulheres ao seu redor.

2: Identifique se ela está no mesmo ritmo que você

Ouço constantemente: “Ela precisa ter estudo. Ela precisa ser simpática. Ela precisa ser trabalhadora”, entre outros.

Mas o mais importante é ela estar no mesmo ritmo que você.

Ritmo significa, na mesma frequência de pensamentos e ações que você.

Eu já sou formado em humanas e trabalho na área. Minha noiva também trabalhava como gerente em uma doceria famosa. Era um trabalho sem futuro e eu não poderia compartilhar minha vida com alguém sem pretensões de crescimento. Quando fomos morar juntos, ela se demitiu e veio trabalhar comigo.

Eu não fazia grandes exigências profissionais. Apenas queria uma mulher com grandes projetos para a vida e que trabalhasse duro pra isso.

Sempre foi muito claro que ela precisava sintonizar a sua frequência a minha, mas não precisava ser igual. Nada de casal que escreve junto. Que fazem Letras juntos e dão aula na mesma escola. Nada disso! Precisamos de compatibilidade e sintonias mínimas de acordo com os meus termos e não o da sociedade. Foi bom para ela. Foi bom para mim. Foi bom para o nosso relacionamento.

Não importa qual a frequência que você exige de uma mulher. O importante é que ela tenha o mínimo de sintonia compatível com as suas exigências de sintonia.

Também não importa o que o resto do mundo pense, o que importa é se ela se adéqua dentro do mínimo que você deseja de uma mulher.

E é claro que ela precisa ser atraente para você! Não importa a opinião dos outros, mas a sua!

Se você quiser uma mulher fora dos “padrões” impostos para os jovens de hoje pela sociedade, o problema é seu. Corra atrás disso em uma mulher e não ligue para mais nada.

3: Os maiores problemas que encerram relacionamentos

Por mais que uma mulher esteja dentro dos padrões que você exige em uma mulher, há outros aspectos, menos agradáveis que você precisa ficar atento.

Existem alguns motivos, comprovados por pesquisas de comportamento, que podem terminar o namoro mais apaixonante e, aparentemente compatível de todos os tempos.

E você deve observar isso em uma mulher para saber se ela é a correta.

Uma mulher que namorei, que parecia perfeita em todos os aspectos, acabou porque ela possuía o defeito do ciúme fora de controle.

Ela era a melhor pessoa do mundo. Inteligente, bonita, curte rock, eletrônica, trabalhadora, ama viajar como eu, bebia cerveja e torcia pelo mesmo time que eu. Mas ela era absurdamente ciumenta.

Uma vez ela quis me agredir, isso mesmo agressão física, porque uma colega de outros tempos (colega mesmo e mais nada) passou de carro enquanto andávamos na calçada e buzinou para me cumprimentar. Ela ficou louca com aquilo. E ainda achou que tinha razão para tamanha fúria. Afinal, como pode um homem “comprometido” acenar para uma colega com quem ele nunca teve nada demais?

Claro que não deu certo.

 

  • Mulheres ciumentas ao extremo.
  • Mulheres que colocam questões financeiras acima de tudo.
  • Mulheres que exigem mudanças demais depois que o namoro começa.
  • Mulheres dependentes em excesso.
  • Mulheres que abusam de alguma substância.

Enfim, existem problemas de personalidade que, não a tornam uma pessoa má, mas, infelizmente, quando em exagero, retiram o rótulo de “namorada ideal”.

Fique atento a isso antes de entregar seu coração para uma mulher, por mais perfeita que ela possa parecer.

Pequenas dicas para perceber se ela é certa para namorar:

Descubra se ela é parceira. Uma namorada precisa ser parceira. Torna a vida dos dois mais fácil. Ela está sempre lá para você e vice-versa. Se ela não está nem aí, fica difícil.

Se ela se dá bem com seus amigos. Mulher que implica com os amigos de um homem não dá. Ainda mais em casos (como o meu) em que o homem cultiva amizades de longa data. Imagina uma mulher que implica com uma amigo de dez, vinte anos? Sem chance.

Ela aguenta ficar sozinha? Um relacionamento nunca é só vocês dois a todo momento. A sua vida como indivíduo não deixa de existir e nem a dela. Mas se ela age como se só estivesse viva quando está contigo, essa mulher tem problemas.

Ela tem amigos? Isso acontece com muita frequência. Mulheres que têm poucas ou nenhuma amizade verdadeira, enquanto o homem tem amigos em demasia. Você precisa continuar saindo com seus amigos e, mesmo que ela aceite, é horrível que ela fique sozinha em casa. Depois você vai ter que “compensar a gentileza” dela ao “deixar” de sair com seus amigos. Não dá! Tudo se resolve se ela tiver amigas para sair também.

Ela relaxa e se acomoda conforme o tempo? Esse serve para os dois. Eu tenho amigos que largaram suas namoradas porque elas relaxaram demais. Esteticamente, intelectualmente e até na sua vontade de curtir a vida. Antes saíam demais, agora só querem ficar assistindo filmes (ou pior, novelas) no sofá. Nada de mulher acomodada na sua vida meu amigo.

Se quiser saber a técnica que eu usei para conseguir 14 namoradas, confira as dicas desse vídeo, clicando aqui.


Comments are closed.